6 dicas para diminuir a sensibilidade nos dentes!

Uma das queixas mais comuns dos pacientes no consultório odontológico é com relação a sensibilidade dos dentes. O problema afeta principalmente as mulheres e também atinge crianças, jovens e adultos.

As causas desse desconforto são desencadeadas, muitas vezes, por alimentos que estão em temperaturas extremas (quentes ou gelados). Os adocicados ou ácidos também provocam dor, que é relatada pelos pacientes como uma sensação de “choque”.

Por ser um problema que causa muita curiosidade nas pessoas, preparamos esse post com seis dicas especiais que ajudarão a você diminuir a sensibilidade dos seus dentes e também de toda sua família. Se interessou pelo assunto? Então, preste atenção neste artigo:

1. Prefira as escovas macias

As escovas macias e de pontas arredondadas são as mais indicadas para quem sofre com a sensibilidade.

Ao escovar os dentes, faça movimentos leves e circulares, nunca movimente a escova na horizontal ou com muita pressão, pois fazer a higiene utilizando a força, além de não proporcionar a limpeza adequada, pode provocar uma retração na sua gengiva.

Então, lembre-se: delicadeza sempre!.

2. Invista no flúor para diminuir a sensibilidade nos dentes

O flúor fortalece o esmalte dos dentes e é um ótimo aliado para evitar a sensibilidade. Ele está presente na maior parte dos cremes e enxaguantes bucais. Se você ou alguém de sua família estiver com dor, invista no flúor, uma dica e tanto para lidar com o problema da sensibilidade.

Em relação às crianças, procure o dentista e peça uma orientação sobre o uso do flúor. Nunca é demais receber informação de quem é especializado no assunto, não é mesmo?

3. Utilize o fio dental

Não é de hoje que você escuta os profissionais da odontologia falarem sobre a importância de usar o fio dental — ele é essencial na higiene bucal de toda a família.

No entanto, agora há mais um bom motivo para não deixá-lo de lado, pois ao utilizá-lo pelo menos uma vez ao dia, é possível eliminar a placa bacteriana na gengiva e entre os dentes, e isso ajuda a diminuir a sensibilidade local.

4. Não se arrisque com soluções caseiras

Sabe aquela história da nossa avó que dizia que o bicarbonato é bom para a saúde da nossa boca? Esqueça isso!

Não use soluções caseiras sem orientação profissional, principalmente porque hoje existem no mercado produtos específicos que controlam a dor e que podem ser facilmente encontrados em farmácias.

5. Refaça as restaurações quebradas e com infiltrações

Nem sempre conseguimos identificar as restaurações quebradas e com infiltrações. Vá ao dentista e faça uma avaliação, para que assim possam ser identificadas as obturações com problemas. O dente afetado pode estar sensível devido a sua dentina exposta e isso precisa de tratamento com um especialista.

Em caso de necessidade, seu dentista lhe orientará para fazer um tratamento endodôntico, ou seja, um canal. É preciso que você procure ajuda e coloque as restaurações em dia. Assim, deixará de sentir dor.

6. Não clareie seus dentes sem a orientação de um cirurgião dentista

Outra dica para diminuir a sensibilidade nos dentes é não clareá-los sem a orientação de um cirurgião dentista. Isso porque durante o procedimento, os pacientes apresentam sensibilidade, que pode estar diretamente ligada ao clareador ou a seus derivados.

Antes de realizar o procedimento, também é importante ficar atento a hipersensibilidade dentária. Neste caso, o problema precisa ser tratado antes do procedimento de clareamento odontológico. Desta forma, serão evitados maiores desconfortos durante a aplicação da técnica.

Agora você já sabe o que fazer para cuidar da saúde da sua boca, e também da sua família, e assim diminuir a sensibilidade dos dentes. Caso ainda tenha dúvida, procure um profissional especializado no assunto e fique livre da sensação de dor. Cuide do seu sorriso e tenha uma boca saudável.

Curtiu o nosso post? Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro de mais informações úteis sobre a saúde bucal!

Deixe um comentário