Conheça 4 diferentes tipos de aparelho dentário!

A maioria das pessoas sonham em ter um sorriso perfeito, com dentes brancos e bem alinhados. Esse caminho da perfeição passa, muitas vezes, pela necessidade de se utilizar um aparelho dentário para corrigir o sorriso. E engana-se quem acredita que todos os aparelhos são iguais.

Pelo contrário! Existem diversos aparelhos ortodônticos, que podem ser confeccionados com materiais diferentes, além de serem do tipo fixo ou móvel. Cada um possui indicações específicas, de acordo com o problema ortodôntico ou estético que se deseja corrigir.

No artigo a seguir, reunimos as informações acerca dos principais tipos de aparelho dentários. Confira!

Tipos de aparelhos fixos

Os aparelhos fixos são os mais comumente utilizados na prática clínica, possuindo indicação para os mais variados problemas de oclusão.  Como o próprio nome já diz, eles ficam fixos nos dentes e só são retirados pelo dentista no final do tratamento ortodôntico.

Nessa categoria estão incluídos os aparelhos fixos metálicos e estéticos. Confira as características específicas de cada um deles:

Aparelho fixo metálico

Esse é o aparelho convencional, constituído de peças — anéis, fios e bráquetes — metálicos. A correção dos dentes é guiada pelo arco metálico, que se encaixa e fica preso sobre os bráquetes por elásticos de cores variadas, escolhidas de acordo com a preferência do paciente.

Os aparelhos metálicos são indicados tanto para o alinhamento estético dos dentes quanto para a correção de problemas funcionais da mordida, podendo ser utilizados desde os casos mais simples até os mais graves.

Aparelho fixo estético

O aparelho estético possui a mesma estrutura e modo de ação do aparelho metálico. A diferença é que suas peças são confeccionadas com materiais que imitam a coloração natural dos dentes, fazendo com que eles se tornem menos perceptíveis.

Entre os materiais utilizados nos aparelhos estéticos se encontra o policarbonato, a porcelana e a safira laboratorial. No entanto, existem diferenças estéticas, de resistência e de custo entre esses materiais.

O policarbonato possui um resultado estético inferior, é menos resistente e mais sujeito a manchas por alimentos coloridos, como café e chocolate. Ao contrário, a porcelana e a safira são menos perceptíveis, mancham menos.

Tipos de aparelhos móveis

Os aparelhos móveis podem ser retirados diariamente pelo próprio paciente, oferecendo mais conforto no dia a dia, principalmente durante a alimentação. Entretanto, para que os resultados sejam obtidos como planejado, é preciso que o paciente colabore e utilize corretamente o aparelho. Confira dois tipos de aparelhos móveis:

Aparelho removíveis

Diferentes tipos de aparelhos podem ser incluídos nessa categoria. Geralmente, eles são formados por uma base acrílica e por peças metálicas que se encaixam na arcada dentária. Na maioria dos casos, esses aparelhos são indicados para crianças, objetivando a correção de desarmonias esqueléticas faciais.

Assim, eles devem ser utilizados durante a fase de crescimento a fim de gerar as alterações necessárias, estimulando, inibindo ou redirecionando o desenvolvimento das bases ósseas.

Aparelhos alinhadores

Os alinhadores são um dos tipos de aparelhos mais tecnológicos, confeccionados por uma placa de acetato transparente, praticamente imperceptível. Assim, eles são indicados para pessoas que desejam realizar a correção estética dos seus dentes sem precisar do aparelho fixo.

Com esse aparelho, os dentes são alinhados a partir de uma troca sucessiva de placas — que possuem diferenças milimétricas entre elas —, produzidas após um planejamento informatizado e tridimensional de todas as fases do tratamento.

A grande vantagem dos alinhadores é o conforto oferecido na rotina, a facilidade de higienização e a sua estética, visto que não parece que a pessoa está usando aparelho. No entanto, ele costuma ter um preço mais elevado em relação às outras opções de tratamento.

Agora que já conhece um pouco melhor alguns dos aparelhos dentários mais comuns, você pode ajudar o seu dentista a escolher a melhor opção para você ou seus filhos.

Ainda restaram dúvidas? Deixe um comentário e conte para nós!

Deixe um comentário