Conheça 4 tratamentos para a erosão dentária!

Você já ouviu falar de erosão dentária? Esse processo é caracterizado pelo desgaste dos dentes, causando uma perda dos tecidos dentais devido ao ataque químico de substâncias ácidas. Como consequência, você pode notar a sua aparência danificada ou passar a sentir maior sensibilidade.

Os sintomas de desconforto costumam aparecer, principalmente, com o consumo de alimentos muito quentes, gelados, ácidos ou adocicados. Portanto, é importante tomar cuidados básicos para que a erosão dos dentes não afete a sua saúde bucal nem a beleza do seu sorriso!

Leia o post a seguir para aprender mais sobre esse processo e conheça 4 tratamentos para a erosão dentária.

Quais são as causas da erosão dentária?

Elas podem ser divididas em dois tipos:

Causas intrínsecas

Uma das principais motivações pode ser a xerostomia, que está relacionada à falta de saliva e faz com que a mucosa da boca se torne mais vulnerável à infecções e outras doenças.

Assim, o sistema bucal fica mais exposto à ação dos ácidos vindos dos alimentos ou da regurgitação, comum em pessoas com hipertireoidismo, bulimia e problemas gástricos.

Causas extrínsecas

A dieta alimentar pode ter influência direta na erosão dos dentes, sobretudo quando o consumo de substâncias ácidas é elevado.

Além disso, o uso regular de certos medicamentos e o meio ambiente podem ser nocivos (por meio das indústrias químicas ou, por exemplo, piscinas com muito cloro).

Como ocorre e quais são as consequências?

A erosão dentária ocorre através do contato de ácidos com o esmalte do dente, dissolvendo seu mineral de composição conhecido como hidroxiapatita.

O desgaste constante pode levar à perda dentária, comprometendo a boa oclusão e mastigação. Pode haver ainda aumento da sensibilidade e fortes dores, principalmente quando a erosão chega a atingir o nervo do dente, sendo necessário o tratamento de canal.

Quais são os tratamentos disponíveis?

Os dois passos principais contra a erosão dentária são o acompanhamento de um profissional especializado e o controle do consumo de alimentos industrializados ou muito ácidos.

Mas se essa já for uma realidade constatada, conheça agora 4 possibilidades de tratamento:

1. Restaurações

A restauração dependerá muito do grau de desgaste do dente após o processo de erosão. Com a análise do dentista, o dente poderá ser reconstruído utilizando materiais como resina, porcelana e amálgama. O tratamento é importante tanto para a saúde bucal como para a renovação da aparência danificada pela erosão.

2. Coroas

A reabilitação oral pode ser feita com coroas de porcelana, cobrindo a área deteriorada e retomando o formato e aparência semelhantes ao original. As coroas de porcelana são as mais utilizadas por se aproximarem da cor natural dos dentes, embora muitos profissionais prefiram estruturas metálicas mais resistentes nos dentes posteriores.

3. Facetas

As facetas dentárias são como próteses finas de porcelana ou resina, coladas na frente dos dentes para devolver o aspecto saudável e atraente. As soluções proporcionadas pelas facetas são diversas como correção de dentes tortos, manchados, muito distantes, muito pequenos, desgastados, entre outras.

4. Prevenção

O melhor tratamento é sempre prevenir! Para isso, bochechos diários e a aplicação tópica de flúor no consultório podem ajudar a prevenir o problema, aumentando a resistência dos dentes. Pastas de dente específicas também podem ser úteis, sobretudo quando combinadas ao consumo moderado de alimentos ácidos. 

Gostou de conhecer melhor os tratamentos contra a erosão dentária? Manter um acompanhamento periódico com um bom dentista é fundamental para a sua saúde. Não deixe de ler também um post completo com tudo o que você precisa saber sobre o clareamento dental.

Deixe um comentário