O que é periodontia e por que você deveria saber?

Você já ouviu falar na periodontia? Uma área da odontologia extremamente importante e que nem sempre é considerada na hora de tratarmos da nossa saúde bucal.

Ela é responsável por cuidar de todas as estruturas que se relacionam com os dentes, como as gengivas, os ligamentos e os ossos. Apesar disso, estima-se que, hoje, cerca de 75% da população com mais de 25 anos sofra com alguma doença periodontal.

Quer saber mais sobre esse tema? Continue a leitura deste texto e veja as informações importantes que separamos!

O que é periodontia e por que ela é tão importante?

Como dissemos, a periodontia é uma área da odontologia responsável por cuidar das estruturas que se relacionam ao dente, como os ligamentos, os ossos e a gengiva.

Ela é extremamente importante, já que doenças nesses pontos podem colocar em risco toda a estrutura da boca, inclusive levando à perda de dentes.

Além disso, hoje já existem estudos que correlacionam problemas periodontais com a saúde do paciente — uma vez que as bactérias presentes na boca podem “caminhar” através da corrente sanguínea, atingindo outros órgãos.

Quais são as principais doenças periodontais?

Existem muitos problemas (de saúde e estéticos) que podem ser tratados pela periodontia, mas os principais são a gengivite e a periodontite, que, na verdade, são estágios da mesma doença e que podem ter consequências muito graves quando não tratadas.

A gengivite é a fase inicial da doença periodontal e pode apresentar sintomas como: gengiva avermelhada, inchada e sangrando com qualquer pressão. Em geral, ela não apresenta dor e, por isso, muitas vezes, pode acabar passando despercebida até se tornar algo mais grave.

Quando não tratada, a gengivite pode evoluir para a periodontite avançada, que é quando a doença passa a invadir o espaço entre o dente e a gengiva, formando uma bolsa de pus e dando início à destruição do osso e das fibras de suporte.

O próximo estágio envolve uma destruição do osso bem mais evidente, com retração gengival aparente e exposição da raiz. Isso torna o dente sensível a quaisquer estímulos, até mesmo apresentando certo grau de mobilidade, o que pode, inclusive, levar à sua queda.

O que causa a doença periodontal e como evitá-la?

A principal causadora da doença periodontal é a placa bacteriana, ou biofilme celular, que passa a se acumular junto da gengiva, levando a um processo inflamatório.

Para evitar esses problemas, a escovação feita de maneira adequada e sempre após as refeições e antes de dormir é muito importante, além do uso do fio dental e da visita periódica ao dentista para a realização da limpeza e da raspagem do tártaro (a placa bacteriana acumulada e endurecida).

A visita frequente ao dentista ainda permite que a gengivite seja diagnosticada logo no início, evitando que a doença evolua. Quando a gengivite é tratada, ela é totalmente reversível e não deixa danos nem sequelas.

Porém, se a situação se agrava e se transforma em uma periodontite, as sequelas podem ser maiores, propiciando perda óssea, retração da gengiva, defeitos estéticos e até a perda de um ou mais dentes.

Quais os sinais e sintomas da doença periodontal?

O principal sinal de que algo pode estar errado é quando a sua gengiva se torna diferente do habitual. Uma gengiva saudável apresenta uma coloração rosa, não sangra com facilidade e ainda cobre toda a raiz do dente. Se essa não for a situação da sua gengiva, é melhor consultar um dentista.

Como a doença periodontal não causa dor, é preciso ficar atento, pois alguns sinais podem indicar problemas, como:

  • gengiva que sangra com facilidade durante a escovação ou ao passar o fio dental;
  • gengiva dolorida, inchada e avermelhada;
  • gengiva retraída;
  • mau hálito que não cessa ou gosto ruim na boca;
  • dente mole;
  • pus em volta dos dentes e da gengiva;
  • dentes muito sensíveis ao calor ou ao frio.

Se você notar algum desses sinais, procure imediatamente um periodontista.

Gostou de saber mais sobre o que é e qual a importância da periodontia? Então, compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e ajude os seus amigos a manterem a sua saúde bucal em dia!

Deixe um comentário